Arquivo da categoria: direitos humanos

Entrevista Apromid – Campanha de Sucesso

A APROMID (Associação de Proteção à Maternidade e Infância Desvalida de Formiga) é uma creche educacional sem fins lucrativos, que sobrevive de doações da comunidade e que, há mais de 44 anos, ampara e educa crianças de 0 a 3 anos e 11 meses. Atualmente com 45 crianças, seu trabalho vai além dos cuidados de uma simples creche e busca realizar, de modo integral, os princípios básicos da educação infantil que é: o cuidar e o educar.

A TVSolidária apoia a APROMID, e criou toda a campanha para a captação na Juntos.com.vc.
Essa foi uma daquelas campanhas em que aprendemos muito.
E nos faz seguir acreditando na mudança do mundo e buscando a realização de mais projetos de impacto positivo.

11081283_610761305690726_9124964998569882817_n

Queremos compartilhar com todos e disponibilizar como um exemplo para outras ONGs que buscam captar recursos, para isso fizemos uma pequena entrevista com a APROMID.

1. O que é a Apromid?
R: Apromid é uma creche filantrópica mantida por uma associação (Lions) na cidade de Formiga/MG, cuja fonte de subsistência são doações da própria comunidade. A entidade, atualmente cuida de 45 crianças entre 0 e 3 e onze meses, ambos os sexos. Seu objetivo vai além do ensinar e educar, mas formar pequenos cidadãos para o futuro.

2. Foi a primeira vez que fizeram captação por meio do crowdfunding?
Sim.

3. O que vocês consideram importante, para um projeto começar uma campanha?
O mais importante é o estudo da real necessidade, estratégias da reforma, planejamento das fases da campanha, formação de uma equipe cuja funções são determinadas por setores e que unidas promovem o sucesso da campanha.

4. Quantas pessoas se envolveram na comunicação da campanha?
Cerca de 75 pessoas foram envolvidas de forma direta e indireta. Embora houve um quadro coordenador de 10 pessoas, e também muito apoio de cidadãos que se engajaram na campanha, no sentido de prospectar doações em Formiga/MG e até mesmo em vários estados do Brasil.

5. Qual foi o ponto chave que fez vocês atingirem 126% da meta?
A criação da campanha do envelope, realizada nas paróquias São Vicente Férrer, Sagrado Coração de Jesus, São Judas Tadeu, com a veiculação do filme nas missas mostrando aos fiéis o porque da campanha da reforma, no comércio e entre profissionais liberais.

6. Acham que o “tudo ou nada” engaja mais?
Sim. Alimenta a determinação da meta a ser atingida, envolvendo mais pessoas da comunidade, cientes que não conseguida a meta, o projeto não será realizado. Desta forma divulgada e trabalhada, a campanha foi um sucesso.

7. O que acharam de captar na Juntos.com.vc?
Para a vice-presidente Zembla Zara Rodrigues, o crowdfunding foi algo inovador, que a TVSOLIDÁRIA, propôs para se conseguir a verba integral da reforma. O trabalho da Juntos.com.vc foi fundamental em assessoria, informações e até mesmo na validação de estratégias, pelo que a vice-presidente D.Zembla Zara, ressalta com muito profissionalismo. Ressalta-se que a campanha anterior pela mesma finalidade foi feita sem sucesso e apartir da parceria com a Juntos.com.vc a campanha resultou em 126%, em 40 dias.

8. Que dicas dariam para outras ONGs também obterem sucesso?
A estratégia de camapanha foi criada pela TV SOLIÁRIA e o mais importante é sempre manter a causa motivada com planfletagem nas ruas, comerciais de rádios, visitas a possíveis doadores, pequenas palestras em escolas, e no nosso caso envolvimento os pais e amigos da creche, somado a vontade e determinação de cada voluntário com uma meta de crescimento diário.

Anúncios

A construção das cisternas começou – Juntos pelo Semiárido

O CEPFS atua em prol da convivência sustentável com a realidade do semiárido paraibano a partir da promoção do associativismo comunitário. Entre seus resultados, constata-se que, desde 1989, mais de 54 mil pessoas participaram ativamente e foram beneficiadas pela construção de 1.170 cisternas, com capacidade para armazenar, aproximadamente, 19 milhões de litros de água potável, para mais de 6.000 pessoas.

Mas…o que é uma cisterna? Este video aqui explica: watch?v=g6yKIaOonv0

Em abril de 2013 eles decidiram que iriam captar R$ 6.336,00, valor necessário para construir 2 cisternas que beneficiariam 2 famílias, por meio de crowdfunding na Juntos.com.vc, o máximo né? Rapidinho eles conseguiram este valor, e ainda passaram…chegaram no R$ 10.138,00! Ou seja, mais uma família foi beneficiada com uma cisterna! Sem esquecer que sairam em vários jornais…maior sucesso! Olha este aqui da Folha de São Paulo.

Agora é só alegria! Eles já começaram a construção…o primeiro passo é marcar onde vai ficar a cisterna! Olha só as fotos que eles enviaram lá de Teixera:

Marcacao-do-local-do-buraco-da-cisterna-de-Maria-Alves-Batista-5_3

Marcando o local da cisterna de Rosemiro Alves Ferreira

Marcacao-do-local-do-buraco-da-cisterna-de-Rosemiro-Alves-Ferreira-11

Marcando o local da cisterna de Dona Maria Alvez Batista

Para conhecer o projeto, clique aqui.

Dona Maria Alves e sua primeira cisterna – Juntos pelo Semiárido

576786_484330184967129_560196703_n1

Dona Maria Alves Batista 73 anos, agricultora familiar, moradora na comunidade Santo Agostinho, tem 05 dependentes, dentre eles, 04 netos. Sua principal fonte de renda vem da aposentadoria de R$ 670,00 (seis centos e setenta reais).

Segundo Dona Maria, pela vontade dos filhos, já estaria morando em uma boa casa na cidade, mas, ela diz em bom som: “Deus me livre de cidade”. Perguntada, por quê? Ela relatou: “No sítio a gente pode criar uma galinha, uma cabra. Quando amanhece o dia a gente tem o que fazer, se distrai com os bichinhos e quando precisa tem para vender e comprar um calçado ou uma roupa. Também  serve para a nossa alimentação. No sítio a vida é bem mais tranqüila, apesar das dificuldades”.

Indagada sobre o que ainda lhe falta, ela destaca que seu sonho é ter uma cisterna para captação de água de chuva. Atualmente ela pega água da cisterna de um filho que é abastecida pelo programa de abastecimento federal, através do exército.

Ela contou que tem um pequeno tanque e alguns potes, mas, que isso ainda é insuficiente para armazenar a água necessária para suas necessidades. Disse ainda que não realizou o sonho de ter uma cisterna, porque as condições não permitiram. E que a cisterna irá lhe proporcionar mais qualidade de vida.

Dona Maria, chegou a hora do sonho virar realidade, né? Ela será contemplada com uma das cisternas que serão construídas com os recursos da campanha JUNTOS PELO SEMIÁRIDO!

Saiba mais do projeto aqui

maria

Dona Maria acompanhando a marcação de onde será construida a cisterna

Livro de Receitas Saudáveis – Associação Prato Cheio

A Associação Prato Cheio tem por missão “Promover a segurança alimentar através do combate ao desperdício de alimentos e da educação nutricional”. O seu trabalho é muito simples e faz uma baita diferença! Eles coletam alimentos que seriam desperdiçados e distribuem para 48 entidades beneficentes que atendem cerca de 7000 pessoas.

Para que esse trabalho aconteça, a Prato Cheio necessita de doações financeiras (além dos alimentos coletados) para custear o transporte de alimentos entre os doadores e as entidades receptoras, que atinge cerca de R$ 2.500,00 por semana.

Eles já passaram pela Juntos.com.vc duas vezes para captar doações! Ou seja…experimentaram uma vez o financiamento coletivo (crowdfunding) aqui com a gente, passaram a meta, gostaram demais e voltaram para uma segunda captação – que também foi bem sucedida, passando 57% do valor que haviam pedido!

Aqui estão os links dos projetos:  juntos.com.vc/5000-contra-a-fome e juntos.com.vc/1-pouco-2-bom-200-muito-mais

O que a gente adorou foi o presente que eles deram aos doadores…! Um livro exclusivo com várias receitas saudáveis elaboradas pela nutricionista da Associação:

prato_cheio3

Capa do Livro

prato_cheio22

Agradecimento na segunda página aos apoiadores

prato_cheio31

Uma receita para você matar a curiosidade!

O mais bacana é que eles fizeram tudo isto sem custo, afinal..eles são uma ONG e todo dinheiro é super bem vindo, né?

A nutricionista criou as receitas, uma designer voluntária diagramou o livro, e para finalizar…eles enviaram o livro online aos apoiadores ao invés de imprimir!

Agradecimento criativo, bonito e sem custo! Fica a dica para as ONGs 😉