Paralimpíadas: motivos para ver

Os Jogos Paralímpicos começam hoje e nós da Juntos estamos muito animados. Vejam alguns motivos para tanta animação:

  1. O Brasil é uma potência

Apesar de termos vibrado com Rafaela Silva, Isaquias Queiroz, as seleções de vôlei e futebol, quem acompanhar as Paralimpíadas vai ver uma delegação brasileira que é uma potência e almeja o quinto lugar no quadro geral de medalhas. Podem se preparar para postar #PódioTodoDia

crs6q39wyaaqc0n
delegação brasileira dos Jogos Paralímpicos, com 286 competidores

2. Terezinha Guilhermina

A velocista de Esmeraldas -MG chegou a trocar a corrida por natação por não ter dinheiro para um par de tênis, e é uma forte candidata a medalhas no Rio 2016, depois de ter conquistado outras seis em jogos anteriores.

47d01c19-803f-47e8-a4d8-c8700ffc932b

3. Daniel Dias

As comparações com Phelps são inevitáveis, mas Daniel Dias é brasileiro. Nas duas últimas edições dos jogos, em Pequim e Londres, ele somou 15 medalhas e pode conseguir mais nove na capital fluminense.

dsc_89461

4. Goalball

Modalidade tradicional dos Jogos Paralímpicos, o Goalball é um esporte coletivo disputado por deficientes visuais vendados. O objetivo, como diz o nome, é marcar gols, mas ele é bem diferente dos esportes a que estamos acostumados


5. A abertura

A direção artística do espetáculo é de Marcelo Rubens Paiva (autor de Feliz Ano Velho, entre outros) e do artista plástico Vik Muniz (responsável pela abertura da novela Passione e um trabalho com catadores no Jardim Gramacho, entre outros). A festa será dia 7 de setembro, às 18h45, no Maracanã.

E vai ter a lindíssima Amy Purdy

6. Diversidade

As Paralimpíadas mostram que atletas de elite surgem com características, histórias, desafios diversos. Na natação, uma das modalidades com o maior número de participantes, por exemplo, as diversas categorias reúnem atletas com diferentes tipos de deficiência, em diferentes níveis. Quem for assistir aos jogos com certeza terá uma experiência incrível vendo esses competidores em ação.

A natação paralímpica é dividida da seguinte foma: quanto maior a deficiência, menor o número da classe (S – swimming; SB – nado peito; SM – nado medley):

S1 a S10 / SB1 a SB9 / SM1 a SM10
Atletas com limitações físico-motoras

S11, SB11, SM11, S12, SB12, SM12, S13, SB13, SM13
Atletas com deficiência visual (classificação segue como a do judô e do futebol de cinco)

S14, SB14, SM14
Atletas com deficiência intelectual

Ao longo dos Jogos, vamos postar novidades e informações. Vai ser demais!

paralympic-mascot2
Vem, Tom!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s