O crowdfunding pode ser uma alternativa na medicina?

A Juntos.com.vc já apoiou vários projetos que envolviam o tema da saúde, como o projeto de fidelização de doadores de medula óssea da Associação da Medula Óssea do Estado de São Paulo. O principal objetivo do projeto era diminuir o tempo de espera do paciente, buscando de uma maneira mais rápida um doador compatível para o transplante.

Esse é mais um exemplo de um cenário que está se tornando cada vez mais presente no mundo. Cientistas no mundo todo já buscam alternativas para a descoberta e para o teste de novos medicamentos, com a utilização do crowdfunding. Por esse método, fica mais fácil engajar as pessoas no processo de busca da cura de novas doenças, além de envolver indivíduos de maneira efetiva para transformar a realidade de pessoas que precisam de um tratamento.

É possível observar que os casos que utilizam o crowdfunding para causas de saúde estão aumentando consideravelmente nos últimos anos. Em 2013, dois pesquisadores, Josiah Zayner, pesquisador da NASA, e Mark Opal, um pesquisador de pós-doutorado da Universidade de Chicago, criaram uma campanha para que cada pessoa fosse capaz de descobrir novos antibióticos.

De acordo com cada doação, o doador recebia um kit com testes e equipamentos. Quanto maior a doação, maior era o kit. Os pesquisadores tinham como pressuposto que a chance de alguém descobrir um novo antibiótico era muito baixa, pois já existem vários arquivos sobre compostos e substâncias que poderiam servir para a produção de antibióticos.

Entretanto, a ideia principal da campanha era dar mais visibilidade para o tema, já que muitas empresas e indústrias concentram maiores investimentos em outros medicamentos, como os utilizados em pessoas com câncer. O que motivou os pesquisadores, foi a crença de que os nossos antibióticos podem estar perto de se tornarem ineficientes, o que traria graves consequências para a humanidade.

Não é só no campo da pesquisa que os financiamentos coletivos são realizados, a utilização desses investimentos para realizar testes também pode ter uma aplicação muito produtiva no campo médico, como é o caso de um grupo de cientistas que está utilizando o crowdfunding para poder financiar o teste com medicamentos, que já são usados para tratar outras doenças e poderiam auxiliar na cura da doença de Parkinson.

A campanha já arrecadou 58.250 libras estrelinas, moeda oficial do Reino Unido, e é a prova de que o crowdfunding está sendo cada vez mais utilizado e é uma ótima alternativa na busca da cura de doenças, por ser um meio de financiamento que não só colabora financeiramente, mas também envolve as pessoas.

Além disso, outros projetos que tem como intuito ajudar pessoas que estão em hospitais ou casas de tratamento, até mesmo por meio do entretenimento e da cultura, podem ser recebidos como boas resoluções a serem tomadas com a utilização do crowdfunding.

Fontes: BBC e NPR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s